Observatório Social do Brasil e parceiros realizam de 26 a 28 de agosto de 2019 o 3º Congresso Pacto pelo Brasil

19 de Maio de 2019 13:38

3º Congresso Pacto Pelo Brasil será realizado em Curitiba

CONGRESSO PACTO PELO BRASIL – de 26 a 28 de agosto o 3º Congresso Pacto Pelo Brasil em Curitiba – PR.

Anualmente o OSB realiza o Congresso Pacto Pelo Brasil. Um evento de projeção nacional que reúne especialistas, agentes governamentais, empresários e organizações sociais em painéis temáticos para abordar assuntos relacionados à qualidade na aplicação dos recursos públicos, transparência e controle social. Formulando proposições para a eficiência da gestão pública e para o enfrentamento à corrupção.

Pautar ações em favor da Transparência e da Prevenção à Corrupção é um dos principais desejos do Observatório Social do Brasil (OSB). Pensando nisso, a entidade, juntamente com instituições parceiras, realiza de 26 a 28 de agosto de 2019 o 3º CONGRESSO PACTO PELO BRASIL. Com a temática “Práticas Honestas na Relação Público-Privada”, o evento será realizado no Centro de Eventos da Federação das Indústrias do Estado do Paraná (FIEP), na cidade de Curitiba-PR. As inscrições podem ser feitas a partir de 1º de julho de 2019.

Segundo a desenvolvedora de negócios do Sistema OSB, Kênia Dorl, vivemos um período de transformação social. “Esta transformação acontece todos os dias, nas empresas que se negam a entrarem no jogo do “jeitinho brasileiro”, nos órgãos governamentais que desenvolvem ferramentas inovadoras e na ação de milhares de brasileiros que se unem para fazer a diferença e contribuir de fato para a melhoria da gestão pública. A escolha do tema do 3º Congresso Pacto pelo Brasil é justamente para mostrar que há empresas, órgãos governamentais e cidadãos que estão reescrevendo a história e trazendo bons exemplos de como vencer a corrupção nos negócios”, afirma.

Durante as manhãs, serão realizados workshops e eventos paralelos. Já os períodos da tarde e noite serão destinados aos painéis, rodas de conversa, palestras principais e premiações. A programação será dividida por dia: 26 de agosto será o “Dia da Gestão Pública”, com um intercâmbio internacional de prefeituras; 27 de agosto será o “Dia da Integridade”, que trará exemplos de casos concretos e tendências mundiais; e 28 de agosto é o “Dia da Inovação”, com casos e exemplos de inteligência artificial à serviço da eficiência.

Segunda a Coordenadora Técnica do Centro Internacional de Formação de Autoridades e Líderes (CIFAL) Curitiba, Priscila da Paz Vieira, o painel de instituições públicas, que será realizado no dia da Gestão Pública, será uma oportunidade para troca de experiências e boas práticas em integridade e transparência na América Latina. “Espaços como estes são ricos para fortalecer as iniciativas já em curso, além de inspirar outros a desenvolver ações similares. É um momento para aproximar as lideranças que tem propósitos e compromissos com a integridade e estimular que considerem ações coletivas para o combate à corrupção, declarou.

Para o advogado Rodrigo Pironti, é assertivo ter um dia inteiro dedicado ao tema integridade, pois é o assunto central na pauta e na agenda nacional em relação a gestão pública e ao relacionamento público-privado. “A importância se dá pela complexidade do tema, porque o assunto demanda várias questões e ter um dia dedicado permitirá que conversemos sobre a cultura do compliance, os pilares da integridade, gestão de riscos, independência dos canais de denúncia, as características do profissional de compliance, entre outros”, comentou.

Segundo Pironti pouquíssimos eventos se preocupam a dedicar tanto tempo a esse tema. “É tão necessário, pois efetivamente produz resultados práticos no dia-a-dia da empresa e da administração pública”, disse.   Para Cristiano Ferri, Diretor do LabHacker da Câmara dos Deputados, é extremamente importante ter um dia inteiro dedicado ao tema inovação, em especial inovação no serviço público. “Essa é uma das principais formas de se combater a corrupção, de lutar pela ética e pelo zelo nas coisas públicas. Precisamos sim aplicar tecnologia, novos processos e gerar eficiência”, disse.

Para ele inovação tem a ver com a necessidade de fazermos mais com menos e entregar mais, por isso que é imprescindível que o servidor público e o político do século XXI pensem e implementem inovação. “Temos que estreitar a rede entre empreendedores, servidores públicos, políticos, acadêmicos e cidadão de forma geral e inovarmos em busca de um serviço melhor”, afirmou.

Roni Enara, diretora-executiva do OSB, ressalta que “o 3º Congresso Pacto Pelo Brasil é assertivo no seu tema Práticas Honestas na Relação Público-Privada e mostrará que há muita coisa positiva sendo feita no Brasil, ações inspiradoras com o mesmo propósito: tornar o Brasil uma Área Livre de Corrupção!”.

Essa edição também contará com o 1º Prêmio OSB de Jornalismo, que irá incentivar jornalistas a produzir notícias e reportagens sobre boas práticas na relação entre empresas e gestores públicos. A premiação abrangerá todos os segmentos de veículos de comunicação, como exemplo: rádio, televisão, portais de notícias e revistas.

Segundo Roni Enara, “este Prêmio é uma forma de estimular jornalistas a evidenciar, nas suas publicações, práticas positivas que possam inspirar empresários, gestores públicos, profissionais e cidadãos a promover relações éticas e saudáveis, contribuindo para a edificação de uma nova cultura de integridade”.

O período será marcado também pelo 10º ENCONTRO NACIONAL DOS OBSERVATÓRIOS SOCIAIS (ENOS), que acontece em 25 de agosto, um dia antes do 3º Congresso. O objetivo é reunir os dirigentes, técnicos e voluntários dos Observatórios Sociais para disseminar as boas práticas, aperfeiçoar a metodologia e discutir estratégias para expansão do Sistema OSB. Este ano o tema principal é “Somos 140, de um Observatório Só”.

Mais informações pelo site:  http://osbrasil.org.br/3o-congresso-pacto-pelo-brasil-sera-realizado-em-curitiba/

ObservatórioSocial do Brasil - Porto Alegre

O OSPOA é uma instituição não governamental, sem fins lucrativos, formado por voluntários engajados na causa da justiça social e contribui para a melhoria da gestão pública.


CEP:
Telefone:
E-mail: